Natação traz melhora para a respiração









A Natação trabalha todos os músculos, é o esporte mais completo que existe. Além disso, pode ajudar a melhorar ou até curar alguns problemas respiratórios.

O trabalho na água aumenta a resistência do organismo, diminuindo ou espaçando as crises asmáticas.

alonga toda a musculatura intercostal, abrindo e fechando as costelas, movimentando a caixa torácica através dos movimentos de braços e trabalha a musculatura abdominal facilitando a respiração diafragmática. Todos estes movimentos são coordenados com a respiração. O movimento de abrir e fechar das costelas facilita a musculatura inspiratória e expiratória, ou seja, enche os pulmões na inspiração e esvazia na expiração.

A resistência da água exige que a respiração seja mais forte para deslocar-se nela. Com isso, a respiração se torna mais ampla naturalmente, a musculatura envolvida aumenta o trabalho dos pulmões e a capacidade cardiorrespiratória. O ambiente aquático mantém as narinas úmidas, eliminando a secura normalmente encontrada na asma e nas alergias durante outras atividades terrestres.

Segue abaixo três exemplos de exercícios respiratórios:

1) Inspire o ar pelo nariz durante quatro segundos e expire pela boca também durante quatro segundos (10 repetições);
2) Inspire o ar pelo nariz durante quatro segundos, prenda o ar durante quatro segundos e expire pela boca durante quatro segundos (10 repetições);
3) Inspire o ar pelo nariz e expire pela boca de uma forma rápida, por um segundo  (10 repetições).

Se uma criança tiver a respiração apical, ou seja, alta, usa a musculatura acessória, elevando os ombros para respirar e estufando o peito ao invés de usar a musculatura abdominal e intercostal, precisa de uma reeducação respiratória para evitar o famoso peito de pombo. O professor pode ensiná-la, caso não consiga sozinha, mas é necessária a ajuda de um fisioterapeuta especializado em respiratória.


Ganhe o Ebook: Natação segundo a Psicomotricidade
Grupos de Whatsapp sobre vários Esportes

Comente:

Nenhum comentário